1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Reanimador Pulmonar Manual de Silicone - Tipo Ambu

COMPONENTES:

01.Válvula unidirecional em Policarbonato e membrana de Silicone com acoplamento externo para máscara de usos Adulto, Infantil ou Neonatal. Norma Internacional com diâmetro 22,0 mm.

02.Conector universal com diâmetro 15,0 mm para sonda endotraqueal e máscara.

03.Válvula de escape em Policarbonato com 01 (uma) membrana de Silicone (pop-off).

04.Balão de Silicone autoinflável ao ser pressionado.

05.Conexão para alimentação de gás Oxigênio.

06.Válvula de admissão de ar em Policarbonato para conexão da bolsa reservátório com 01 (uma) membrana de Silicone.

07.Bojo transparente de Policarbonato.

08.Coxim anatômico de Silicone.

09.Válvula de controle em Policarbonato com 02 (duas) membranas de Silicone.

10.Bolsa reservatório de Oxigênio com conector de diâmetro 22,0 mm.

11.Extensão com conector (para ligar a fonte de alimentação de gás Oxigênio à válvula de entrada do balão do Ressuscitador).

1- APLICAÇÕES E PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO:

Antes de utilizar o aparelho leia atenciosamente estas instruções para ter um aproveitamento ideal de suas funções e do modo de operação. O Ressuscitador ou Reanimador Manual tipo Ambú, é um aparelho utilizado para atendimento nos primeiros socorros em pacientes que por motivos de doença ou acidentes de qualquer natureza necessitem urgentemente de ar nos pulmões (ventilação), pois caso contrário podem vir a ter o comprometimento da própria vida. A ventilação artificial é freqüentemente utilizada em salas de emergência, unidades de terapia intensiva, anestesias, recuperação pós-anestésica, centros esportivos, ambulâncias de resgate e demais aplicações médicas. O aparelho ao ser pressionado o balão insufla o ar de forma ritmada, exercendo então a pressão necessária para ajudar a reativar a função respiratória dos pulmões e conseguir a reanimação do paciente.

2- CUIDADOS INICIAIS /OPERAÇÃO:

- O paciente deve deitar-se com o rosto para cima.

- Verificar se as vias aéreas estão desobstruídas.

- Remover qualquer coisa que estiver na boca (dentadura e alimentos por exemplo) e garganta do paciente.

- Introduzir o tubo orofaríngeo cuidadosamente na boca do paciente de modo a evitar que ele possa ferir a própria língua.

- O operador deve posicionar-se atrás da cabeça do paciente, inclinando-a para trás e segurando de maneira firme para permitir dessa forma uma boa respiração, bem como puxar o seu queixo para cima.

- Colocar a máscara cobrindo a boca e o nariz do paciente, fixando-a firmemente utilizando os dedos médio e polegar.

- Com a outra mão comprimir o balão de forma ritmada aplicando uma pressão adequada de modo a facilitar a respiração do paciente.

- O operador deve observar obrigatoriamente:

• Se o tórax do paciente se expande cada vez que o ar é insuflado e se comprime quando o ar é expirado.

• A cor do rosto e dos lábios do paciente.

- O Reanimador somente deve ser manuseado e utilizado por pessoas bem treinadas e qualificadas.

3- PRECAUÇÕES / MANUTENÇÃO E ARMAZENAGEM:

- O Reanimador nunca deve ser utilizado em ambientes tóxicos ou áreas perigosas onde não existam filtros de purificação para gases.

- Não remover a bolsa reservatório se o Oxigênio não estiver sendo fornecido, pois isto prejudicará ou obstruirá a respiração do paciente.

- Nunca tente remover a mola da válvula unidirecional tipo pop-off, pois poderá haver um aumento de intensidade da pressão, que implicará em falha de leitura da mesma.

- Nunca tente utilizar objetos cortantes para remover qualquer tipo de sujeira do balão auto-inflável, pois poderá furá-lo e conseqüentemente ocasionar a perda da sua função básica que é insuflar o ar de forma ritmada. - O Reanimador deve ser conservado em local seco e fresco, longe do alcance de crianças, de preferência guardado dentro da embalagem do produto.

- O Reanimador deve ser conservado em local seco e fresco, longe do alcance de crianças, de preferência guardado dentro da embalagem do produto.

- Nunca permitir que pessoas não habilitadas tentem consertar seu aparelho. Procure sempre uma Assistência Técnica Autorizada.

4- UTILIZAÇÃO:

- Para obter melhores resultados escolher um Reanimador adequado para cada paciente, de forma que o tipo e tamanho adaptem-se de forma correta ao formato do seu rosto.

- O Ressuscitador poderá ser ligado à fontes de alimentação de gás Oxigênio fixas ou portáteis, ajustando-se o fluxo para o enchimento da bolsa reservatório. A inspiração e expiração serão mantidas de acordo com a forma ritmada que o balão auto-inflável do Ressuscitador for pressionado.

- Observe as seguintes condições constantemente:

• Se o rosto do paciente adquire a cor roxo escuro.

• O ritmo de respiração do paciente.

• Se a válvula de escape pode ser aberta e fechada normalmente.

• Se a bolsa reservatório enche quando for ligada a alimentação do cilindro de gás Oxigênio.

5- RECOMENDAÇÕES / LIMPEZA E ESTERILIZAÇÃO:

- Desmontar as peças e limpá-las separadamente antes de iniciar a esterilização.

- A higienização para limpeza inicial poderá ser feita com água morna ou produtos neutros para evitar odor do composto utilizado. Fazer a limpeza com esponja plástica ou pano macio em todos os componentes e nunca utilizar esponja de aço, pois esta deixa resíduos de metal que podem levar à um desgaste prematuro das peças higienizadas.

- Para a esterilização os componentes podem ser colocados em autoclave até 134ºC durante 03 (três) minutos.  ATENÇÃO: Remover o conjunto bolsa reservatório com extensão, pois as peças podem sofrer danos se colocadas em autoclave, recomenda-se o descarte das mesmas após o uso (itens 10 e 11).

- A higienização e assepsia são obrigatórias para evitar que os contaminantes provenientes da manipulação ou de outros pacientes fiquem nas peças, portanto esta operação é extremamente necessária para garantir uma utilização limpa e livre de agentes infecciosos prejudiciais ao profissional e ao paciente. 

IMPORTANTE:

- Nunca utilizar derivados de petróleo (óleos, graxas e outros), germicidas, desinfetantes e qualquer outro produto contendo Glutaraldeído, Fenol, Iodo ou compostos de Amônio Quaternário em nenhuma parte do Ressuscitador pois podem danificar suas peças.

- Recomenda-se sempre que possível, a esterilização com vapor de água saturado e seco (autoclave), por ser a forma mais eficiente e segura conhecida.

- Importante lembrar que é de responsabilidade do usuário a correta utilização e manutenção do aparelho, conforme indicado nas instruções de uso.

Notas:

A. A bolsa reservatório, a válvula de controle do ar e a extensão com conector, são acessórios utilizados para alimentação de gás Oxigênio.

B. As máscaras (bojo com coxim) variam de tamanho para os diferentes modelos: Adulto, infantil (Pediátrico) e Neonatal (Recém Nascido).

C. Os volumes para cada balão e bolsa reservatório em mililitros (ml) são:

Balão:  Adulto = 1600           Bolsa Reservatório:  Adulto = 2750

            Infantil = 500                                             Infantil = 1000

            Neonatal = 250                                          Neonatal = 1000

D. Válvula de Escape: pressão 60 cm H2O +/- 5 cm H2O (modelo Adulto) e pressão 40 cm H2O +/- 5 cm H2O (modelos Infantil e Neonatal).

 

Fabricado por:
Mikatos Indústria Comércio e Serviços de Aparelhos Médicos Ltda.

CNPJ: 05.030.501/0001-34 - Indústria Brasileira

Estrada de São Judas, 325 - Pq. Esplanada - Embu das Artes/SP

CEP: 06817-170 - Fone/Fax: (11) 4781-8001

Resp. Técnico: Eng. Antonio Carlos Simões - CONFEA - CREA/SP: 060113888-1

Produto registrado na ANVISA / Ministério da Saúde sob n.º MS.: 80218930009

 

Copyright © 2017 Mikatos. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre com licença GNU/GPL v2.0